Android Box: veja como funciona mini PC concorrente do Chromecast

227

O Android Box é um dispositivo que vem ganhando popularidade no Brasil por ser alternativa para quem não tem uma Smart TV em casa. Diferentemente do Chromecast, fabricado pelo Google, o Box (ou mini PC Android) é um aparelho produzido por várias marcas diferentes, a maioria desconhecida. Por outro lado, busca oferecer muito mais funcionalidades do que o aparelho do Google.

Saiba quais são as principais vantagens oferecidas por um Android Box, as diferenças para o Chromecast e quanto um dispositivo do tipo custa no Brasil. No fim, saiba se a investimento vale a pena.

Android Box roda apps e jogos da Play Store (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Android Box roda apps e jogos da Play Store (Foto: Reprodução/Paulo Alves) Recursos

Ao contrário do Chromecast, um Android Box roda Android nativamente, e conta com praticamente todas as funções de um tablet. Isso significa que ele pode baixar a instalar virtualmente qualquer aplicativo da Play Store, incluindo redes sociais e, principalmente, jogos. Você pode instalar games e usar um celular como gamepad, por exemplo.

Também é possível baixar filmes e séries na memória interna e reproduzir na TV usando o smartphone como controle remoto. Desde que seu Box tenha armazenamento grande ou entrada para cartão microSD – o que é mais barato – ele pode virar uma central de mídia poderosa para a sala de estar.

O Chromecast é um aparelho de streaming que não oferece esse tipo de vantagem por não contar com memória interna nem acessar a Play Store. Pense no Android Box como um tablet multimídia que usa a sua TV como display.

Especificações técnicas

xiaomi-mi-box-home55 (Foto: Divulgação/Xiaomi)Prefira aparelhos com versões recentes do Android (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Por ser fabricado por várias marcas diferentes, o Android Box pode contar com especificações técnicas diversas. Em geral, a recomendação é procurar por processadores pelo menos quad-core e memória RAM de 1 GB para obter melhor performance na reprodução de vídeos em Full HD. Essas configurações são suficientes para apps como Netflix, YouTube e outros do gênero.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

A grande diferença de uma Box para um celular Android é a exigência menor por ficha técnica potente. Como é mais difícil usar vários apps ao mesmo tempo na TV, há menos preocupação com performance e fluidez. Mas, é preciso ficar atento ao armazenamento: prefira modelos com 8 GB ou mais, e entrada para cartão microSD a partir de 64 GB.

É preciso investir mais se você procura por um aparelho específico para games. Nesse caso, é importante ter ao menos 2 GB de RAM e uma GPU superior, como a Adreno 405 – a mesma do Moto G 4 Plus.

Sistema e segurança

É importante procurar por modelos equipados com versões recentes do Android. Evite modelos rodando Android 4.2 ou 4.4, e prefira os que oferecem pelo menos o Android 5.1 Lollipop. Lembre-se que um sistema atualizado não oferece só mais recursos e compatibilidade com apps, mas principalmente maior segurança.

Uma dica para se manter seguro em um Android com fabricante desconhecido é usar uma conta Google específica para o aparelho – crie um novo Gmail e utilize somente para o Android Box. Além disso, evite colocar fotos e outros conteúdos íntimos no dispositivo. Se ele for invadido, tenha certeza de que nenhuma informação pessoal valiosa estará disponível para o criminoso.

Garantia

Aparelhos com Android dedicados para TVs não costumam ser oferecidos por grandes marcas, o que pode acarretar em problemas de garantia. É muito comum encontrar modelos à venda, fabricados por marcas pouco conhecidos da China, que não oferecem assistência técnica especializada no Brasil.

A maneira mais simples de evitar maiores dores de cabeça é comprar o seu Android Box em uma grande loja de eletrônicos. Empresas do tipo oferecem mais flexibilidade para troca em caso de defeito, e podem até devolver seu dinheiro em caso de falha de funcionamento.

Preço

Modelos potentes, que rodam vídeos em 4K, custam mais de R$ 300 (Foto: Divulgação/Infokit)Modelos potentes, que rodam vídeos em 4K, custam mais de R$ 300 (Foto: Divulgação/Infokit)

Para compensar a incerteza em torno da garantia, você pode apostar primeiro em um Android Box barato. É possível encontrar modelos simples custando a partir de R$ 150 em sites de e-commerce, que já oferecem o básico para assistir filmes e rodar games sem tanta sofisticação.

À medida que ganhe mais confiança no formato de mini-PC, já é possível investir mais alto por modelos octa-core que rodam até vídeos em 4K. Esses produtos podem custar mais de R$ 300 e chega, em alguns casos, a quase R$ 1 mil.


Fonte/Reprodução: Techtudo