Prefeitura de Guaratinga autoriza liberação de salários de dezembro não pagos pelo ex-prefeito

112

A Prefeitura Municipal de Guaratinga autorizou na segunda-feira (23) o pagamento atrasado dos servidores municipais lotados nas áreas de administração, saúde e infraestrutura, referente ao mês de dezembro de 2016, dívida deixada pelo ex-prefeito Kenoel Viana, que em dezembro lançou apenas o pagamento de secretários, alguns nomeados e outros funcionários considerados íntimos ao ex-gestor.

Apenas os agentes de combate a endemias do município não receberam seus proventos, devido a problemas no sistema bancário. De acordo com o tesoureiro da prefeitura, Richardson Oliveira, o ex-prefeito transferiu algumas contas vinculadas à secretaria de saúde, do Banco do Brasil (BB) de Guaratinga para a agência da Caixa Econômica da cidade de Itabela. O tesoureiro contou que durante os últimos dias, vem tentando junto à gerência da Caixa realizar transferência eletrônica (TED) da Caixa Econômica para o Banco do Brasil, afim de tentar solucionar o problema, porém as informações do gerente dão conta de que a operação não está sendo concretizada devido a problemas no sistema do banco, o que vem acontecendo em todas as agências da Caixa no território nacional. O gerente ainda informou que, não só município de Guaratinga, como também em outros municípios, estão passando pelo mesmo problema com o banco.

A transferência (TED) para o BB de Guaratinga, segundo o tesoureiro, é para facilitar o depósito nas contas dos funcionários, já que para receber o pagamento salarial através da Caixa, cada servidor teria que solicitar uma portabilidade entre a Caixa e o BB, para depois receber seus proventos.

A folha salarial autorizada para o pagamento dos referidos funcionários chega a quase 400 mil reais, sendo utilizado o valor da Repatriação dos Municípios repassado pela União a todos os municípios brasileiros, com a finalidade de utilização em despesas municipais. Para Guaratinga, o repasse foi de R$ 792.958,74, que ficou retido até o ultimo dia 02 de janeiro.

Tanto o setor de tesouraria da prefeitura de Guaratinga quanto a gerência da Caixa Econômica de Itabela estão empenhados em solucionar o problema o mais rápido possível, para normalizar a situação salarial dos servidores.


Fonte/Reprodução: CliC101