Capitão Lima Neto, Robério Oliveira e Willy Hafner / Foto: Renatinho Oxarope.com

O deputado estadual Robério Oliveira [PSD] participou, na manhã desta quarta-feira [14], da cerimônia de transmissão de cargo para o novo diretor da 22ª Circunscrição Regional do Trânsito (Ciretran) em Eunápolis. No cargo há dois anos e cinco meses, Willy Hafner foi exonerado e em seu lugar assumiu o Capitão PM Heraldo Lima Neto, 34 anos, membro da corporação desde 2001.

Robério Oliveira deu boas vindas ao novo diretor. “Trata-se de uma pessoa preparada e que, com certeza, vai fazer com que funcione muito bem a Ciretran, podendo contar comigo como prefeito, porque a área de atuação do órgão atinge também Porto Seguro e quase toda a Costa do Descobrimento. Espero que ele possa fazer uma excelente administração e tenho certeza que os eunapolitanos ficarão muitos satisfeitos com essa indicação”. Ressaltou.

MORALIZAÇÃO

Ao avaliar o período em que esteve à frente da Ciretran em Eunápolis, Willy Hafner disse que teve uma ação altamente positiva, tendo conduzido o órgão público como se fosse uma empresa, dispensando tratamento diferenciado aos condutores, aos funcionários e às pessoas que procuravam pelos serviços. “Eu tenho certeza que fiz um trabalho de excelência e creio que o Capitão Lima Neto vai dar prosseguimento ao trabalho.”

Segundo Willy Hafner, o diretor que o antecedeu, Capitão PM Carlos Alberto Ferreira, moralizou a 22ª Ciretran em Eunápolis durante o período da gestão dele. “Ferreira deu seriedade ao órgão. Quando se falava em Detran em Eunápolis era um Deus nos acuda. Nós conseguimos estancar  esta situação e mostrar que temos condições de fazer diferente e fazer bem feito.” Concluiu.

O Capitão Lima Neto foi empossado no cargo e assumiu a gestão do órgão prometendo realizar uma administração inovadora com foco na qualidade do atendimento ao usuário e na eficiência dos serviços prestados pela instituição à sociedade. “Essa é a nossa vontade, e o nosso objetivo é dar mais conforto e atender melhor a nossa população”.


Por: Rose Marie Galvão