Vítima de câncer com mesmo nome de paciente com Covid-19 tem enterro interrompido em São José

Mulher que faleceu de câncer tinha o mesmo nome e idade de paciente com Covid-19.

Enterro foi interrompido e retomado duas horas depois, após perceberam a confusão com os nomes.

Enterro é interrompido por confusão de óbitos de pessoas com mesmo nome Um enterro foi interrompido em São José dos Campos depois de uma confusão com pacientes com nomes iguais.

Patrícia Aparecida dos Santos morreu de câncer, mas tinha o mesmo nome de uma paciente internada com Covid-19.

Por causa da doença, ela não poderia ser velada e o enterroteria que seguir outros protocolos.

A confusão só foi percebida duas horas depois. A confusão aconteceu nesta sexta-feira (31).

Patrícia era velada no Velório Municipal e quando o corpo saia em cortejo para o cemitério a família foi avisada de que a cerimônia não poderia ter acontecido e que o enterro teria que seguir os proticolos para a Covid-19. O corpo de Patrícia e a família tiveram que voltar para a Urbam para processos burocráticos e a troca com os nomes das pacientes só foi percebida duas horas depois.

"Seguimos toda a parte burocrática para fazer o velório.

E aí no cortejo, ele foi interrompido e tivemos que retornar para a Urbam", contou o irmão, Cláudio dos Santos. Segundo a Urbam, isso aconteceu porque Patrícia tinha o mesmo nome e idade de uma paciente internada na cidade com Covid-19.

Ao checarem as fichas do hospital foi que perceberam a confusão com os nomes e o corpo da vítima liberado para o enterreno, no cemitério Maria Peregrina.

Categoria:SP - Vale do Paraíba e região