VOLUME
Carregando música...

Notícias

Indígena pataxó eliminado do No Limite critica luta por dinheiro: ‘Mudam personalidade’

O indígena pataxó Janaron Uhãy, de Santa Cruz Cabrália, foi o 15º participante eliminado do ‘No Limite’, na noite da última terça-feira (21).

Janaron deixou a atração da Globo após a junção das equipes e a formação da Tribo Estrela. Mais votado entre todos os participantes, o baiano ainda tentou criar uma aliança para se salvar da berlinda, mas acabou sendo deixado de lado.

Segundo o Notícias da TV, Janaron Uhãy criticou a ganância de seus companheiros ao se tornar o 15º eliminado de No Limite. O instrutor pesqueiro avaliou que as atitudes dos competidores eram facilmente influenciadas pelos R$ 500 mil em jogo. “Não sei o que acontece quando tem um prêmio envolvido, as pessoas mudam de personalidade”, definiu.

O tatuador, que foi o representante do povo Pataxó na atração da Globo, admitiu que errou ao não fazer alianças. Ele, no entanto, afirmou que faria tudo exatamente de novo se tivesse a oportunidade de retornar ao programa.

“O social prejudicou, sim, poderia ter ficado mais se tivesse chegado nas panelinhas, mas o meu jogo não era esse, não seria eu, o Janaron, se eu fizesse de outra forma”, resumiu.

O indígena da tribo Pataxó retornou à sua terra natal na última semana, após o fim das gravações do programa e foi recebido com festa pelo povo aldeia de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália.

Categoria:Destaques