Datafolha: 75% dos brasileiros apontam que governo Bolsonaro tem responsabilidade na alta da inflação

Datafolha: 75% dos brasileiros apontam que governo Bolsonaro tem responsabilidade na alta da inflação

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (28) pelo jornal "Folha de S.Paulo" aponta que, para 75% dos brasileiros, o governo do presidente Jair Bolsonaro tem responsabilidade na alta da inflação (um pouco de responsabilidade: 39%; e muita responsabilidade: 36%).

O levantamento do Datafolha foi realizado na terça (22) e na quarta-feira (23) com 2.556 eleitores em 181 cidades de todo o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

Veja os números da pesquisa:

  • Um pouco de responsabilidade: 39%
  • Muita responsabilidade: 36%
  • Nenhuma responsabilidade: 21%
  • Não sabe: 3%

A última pesquisa do tipo realizada pelo instituto aconteceu em setembro de 2021. Na época, 41% responderam que o governo tinha muita responsabilidade; 34% um pouco de responsabilidade; e 23% nenhuma responsabilidade. 2% não souberam responder.

Inflação 2022

Na semana passado, o Banco Central elevou de 4,7% para 7,1% a estimativa de inflação para este ano, calculada com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Com isso, o Banco Central admitiu que a meta de inflação deve ser superada pelo segundo ano seguido em 2022. A probabilidade de "estouro" da meta é de 88% a 97%, calculou o banco.

Definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta de inflação para este ano é de 3,5% e será considerada formalmente cumprida se oscilar entre 2% e 5%.

A previsão de estouro consta do relatório de inflação do primeiro trimestre deste ano, divulgado na quinta-feira (24), e considera a trajetória estimada pelo mercado financeiro para as taxas de juros e de câmbio neste ano e em 2023.

Categoria:Destaques