A partir de agora, motoristas profissionais vão ter de fazer exame toxicológico ao serem contratados ou demitidos.

13

A partir de agora, motoristas profissionais vão ter de fazer exame toxicológico ao serem contratados ou demitidos.

 

E as empresas deverão enviar o resultado ao CAGED, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho.

 

Isso vale para condutores de todo tipo de veículo: de pequeno e médio porte, ônibus, caminhões…

 

Quem paga o exame é a empresa.

 

Se der positivo, o trabalhador vai ter direito a contraprova.

 

De acordo com Luiz Henrique Machado, da secretaria de políticas públicas do Ministério do Trabalho, a exigência vem para reforçar o combate ao uso de drogas pelos profissionais.

 

Assim, garantindo mais segurança nas rodovias.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os veículos pesados de carga são 4 por cento do total do que roda pelas BR’s.

E mesmo assim estão envolvidos em 55 por cento dos acidentes com mortes.

 

As empresas que não apresentarem os exames ao CAGED ficam em dívida com o Ministério do Trabalho e podem tomar multa.

 

De Brasília, Víctor Abreu.