Nos braços da torcida, Dourado bate recorde e foge de comparações com Fred

30

Nos braços da torcida, Dourado bate recorde e foge de comparações com Fred

Diante do antecessor, atual camisa 9 do Flu atinge a melhor temporada da carreira e reassume a artilharia isolada do Campeonato Brasileiro com 12 gols: ”Me preocupo com meu trabalho”

noite da última segunda-feira foi perfeita para Henrique Dourado. Com dois gols, o atacante garantiu a vitória do Fluminense sobre o Atlético-MG, por 2 a 1, e viu sua equipe colar no G-6 do Campeonato Brasileiro (reveja no vídeo abaixo). De quebra, atingiu a melhor temporada da carreira, com 26 gols marcados, e reassumiu a liderança isolada da competição, com 12. Tudo isso na frente daquele que um dia ele precisou substituir.

Os gols de Fluminense 2 x 1 Atlético-MG pela 21ª rodada do Brasileirão 2017

Os gols de Fluminense 2 x 1 Atlético-MG pela 21ª rodada do Brasileirão 2017

É inegável que o início de Dourado nas Laranjeiras não foi bom. Muito pela dura missão de ocupar a vaga de Fred, ídolo da torcida e bicampeão brasileiro após oito temporadas no Fluminense. Se ainda está longe de ter a mesma hitória do antecessor, o atual camisa 9 já escreve os primeiros capítulos da sua. Mas sempre evitando comparações.

– Eu vou ser bem sincero, me preocupo com meu trabalho. Minhas metas, meus objetivos… O Fred deixou essa marca (34 gols em 2011) e eu trabalho para superar as minhas. Quero evoluir a cada dia e sei que, evoluindo, vou contribuir muito com o Fluminense – frisou o artilheiro.

Fred começou no banco de reservas, entrou no decorrer do jogo e teve atuação discreta contra o Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)Fred começou no banco de reservas, entrou no decorrer do jogo e teve atuação discreta contra o Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

Fred começou no banco de reservas, entrou no decorrer do jogo e teve atuação discreta contra o Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

O auge da curta história de Henrique Dourado no Flu se deu na última segunda-feira. Em grande fase na temporada 2017, o camisa 9 caiu nas graças da torcida. Teve seu nome gritado enquanto Fred era xingado. A famosa comemoração do Ceifador virou febre entre os tricolores. Uma relação muito diferente da desconfiança do ano passado.

– É um cara que merece tudo de melhor na vida. Vive um grande momento e nos deixa felizes, porque é um cara humilde, do bem. Foi muito injustiçado na chegada ao Fluminense. Substituir o Fred não é para qualquer um, ainda mais pelo que ele representa no futebol brasileiro e mundial. Ficamos felizes pelo ano que o Dourado vem vivendo e esperamos que ele siga nos ajudando – disse Gustavo Scarpa.

Gustavo Scarpa abraça Henrique Dourado (Foto: André Durão)Gustavo Scarpa abraça Henrique Dourado (Foto: André Durão)

Gustavo Scarpa abraça Henrique Dourado (Foto: André Durão)

Os elogios vieram também de Abel. Na visão do treinador tricolor, o bom ambiente do grupo tricolor passa muito por Dourado.

– Temos um ambiente muito bom. Muito disso tem a ver com ele. Joga alegre, solto, se dedica. É a nossa maior recompensa. Ele chega para trabalhar feliz, mesmo quando o time não vence, por estarmos juntos. É um cara adorado pelo grupo. Estava desacreditado, hoje é o artilheiro do campeonato. Não preciso falar mais nada – analisou Abelão.