O latrocínio, que é roubo seguido de morte, aconteceu na noite desta quarta-feira, dia 4 de janeiro, na Fazenda Pedra Bonita, região do Assentamento Santo Agostinho, interior de Itamaraju, quando quatro elementos chegaram à propriedade rural portando armas de fogo e anunciaram o assalto. Um trabalhador rural teria tentado reagir e foi morto pelo bando.

A vítima foi identificada como Almir Nonato de Araújo, de 65 anos. Com o trabalhador caído e sem sinais vitais, os ladrões roubaram diversos produtos da fazenda, incluindo motoserra, botijões de gás, alimentos e aparelhos celulares. Antes de fugirem do local os criminosos amarraram Lourivaldo Nonato de Araújo, irmão do homem morto.

latrod1Informações dão conta que os elementos estiveram logo cedo na propriedade rural, tentando comprar uma jaqueira, árvore muito usada para confecção de móveis e nesta visita simulada teriam levantado informações acerca das pessoas que residiam no local.

Agentes da Polícia Civil e policiais militares da 43ª Companhia Independente de Itamaraju (CIPM), acompanharam o auxiliar de necropsia Anderson Barbosa até a fazenda, onde após o levantamento cadavérico, foi providenciada a remoção do corpo ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), para exames de necropsia.

latrod2A polícia não descarta a hipótese dos criminosos serem da própria região onde aconteceu o crime. O delegado Bernardo Marques, adjunto da Delegacia de Itamaraju, está à frente das investigações do caso.


Fonte/Reprodução: Teixeira News