Teixeira de Freitas: “Zequinha do Açougue” morre após acidente de moto na BR 101; Motorista é preso em flagrante

344

O acidente aconteceu por volta das 19h30, na BR 101, em frente a Volvo. Segundo informações, um veículo GM/Kadet, placa policial GQD 7767, licenciado em Teixeira de Freitas, estava indo sentido Posto da Polícia Rodoviária Federal ao Trevo, quando colidiu com uma motocicleta de placa policial JQJ 5875, também licenciada em Teixeira de Freitas, que seguia no sentido contrário.

Na colisão, o corpo da vítima foi arremessado por uns 20 metros e o carro saiu da via, indo parar na lateral da pista. A vítima identificada como sendo, José de Souza Amaral, mais conhecido como “Zequinha do Açougue”, 53 anos de idade. Ainda segundo informações, o Zequinha tinha um açougue no Bairro Vila Caraípe, em frente à Rodoviária Nova, no bairro onde ele morava. No Kadet, estava o motorista e um carona.

O motorista e o carona não sofreram lesões. Segundo o motorista, o condutor da moto estava vindo quando um veículo fez uma ultrapassagem, quando ele olhou, de repente, a moto invadiu a pista contrária e bateu do lado do motorista. O motorista afirmou que ainda tentou desviar para não bater, foi quando ele atingiu o meio fio e perdeu o controle do carro, caindo do outro lado da pista.

O motorista permaneceu no local do acidente até a chegada do socorro e da Polícia Rodoviária Federal. Trata-se de Nilton Silva Gomes, 43 anos de idade. A Polícia Civil foi acionada e esteve representada pela delegada plantonista, Maria Luíza e o perito Paulo Libório, que realizaram o levantamento cadavérico e a perícia de local de ação violenta (acidente). Como a PRF percebeu sintomas de embriaguez no motorista, foi realizado o teste do etilômetro.

Ao ser constatado a presença de álcool no exame, foi dada voz de prisão e o Nilton foi conduzido para a Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas. A delegada flagranteou o Nilton por crime de embriaguez ao volante e por homicídio culposo. O motorista segue custodiado à disposição da Justiça.


Fonte/Reprodução: Liberdadenews