Especial Roberto Carlos: Rei recebe grandes nomes da MPB em show intimista

164

O especial de Roberto Carlos deste ano tem clima intimista, com plateia bem próxima ao Rei e seus convidados. Entre as apresentações musicais, o público poderá conferir momentos de descontração nos ensaios e bastidores. O programa, gravado nos Estúdios Globo, vai ao ar nesta sexta-feira, dia 23, e conta com a participação de estrelas consagradas da música popular brasileira. Um telão de LED contorna todo o ambiente do show, exibindo as mais diferentes texturas e imagens gráficas.

Roberto Carlos dá início à apresentação ao som da clássica “Emoções”, dele e de Erasmo Carlos, na companhia da lendária banda RC9, sob a regência do maestro Eduardo Lages. Em seguida, cumprimenta o público por meio da canção “Como Vai Você?”, pouco antes de receber sua primeira convidada, a cantora Rafa Gomes, finalista do The Voice Kids. Ao lado do Rei, a menina de apenas 10 anos canta duas músicas, encantando a todos com seu talento e carisma: “Ben”, sucesso na voz de Michael Jackson, e “Todos Estão Surdos”, mais uma da dupla Roberto e Erasmo.

O músico Milton Guedes se apresenta tocando gaita durante a canção “Olha”, composição do Rei. Em seguida, uma surpresa para o público: a exibição do clipe da música “Chegaste”, que Roberto gravou com a cantora Jennifer Lopez, em Los Angeles. Uma entrevista e os bastidores do encontro entre os ídolos completam este momento especial do programa.

Ainda em clima de muita emoção, Roberto Carlos recebe Caetano Veloso e Gilberto Gil para cantar “Coração Vagabundo”, de Caetano, e “Marina”, de Dorival Caymmi. Roberto chega a ficar com os olhos marejados ao encontrar os velhos amigos. “É um privilégio estar aqui cantando com eles”, diz.

Após a apresentação com Caetano e Gil, o Rei surpreende mais uma vez ao cantar “Quero que vá tudo pro inferno”. “Eu nem me lembro mais quanto tempo faz que cantei essa música pela última vez. Os amigos insistiam para que eu voltasse a cantar”, entrega ele.

O programa fica ainda mais quente com a entrada de uma das grandes divas da MPB, Marisa Monte. Juntos os dois cantam “De que Vale Tudo Isso”, de Roberto Carlos, e “Ainda Bem”, de Marisa Monte e Arnaldo Antunes, empolgando o público com uma dança de rostinho colado no final da apresentação.

Após o Rei cantar o sucesso “Amada Amante”, outra composição dele e de Erasmo Carlos, Zeca Pagodinho chega para uma homenagem aos 100 anos do Samba com um “pot-pourri” de clássicos do gênero: “Com que Roupa”, de Noel Rosa, “O Sol Nascerá”, de Cartola, e “Se Acaso Você Chegasse”, de Lupicínio Rodrigues. Ao final, o sambista anima todos com o sucesso “Caviar”, de Luiz Grande, Barbeirinho do Jacarezinho e Mauro Diniz.

Roberto encerra o especial com a icônica “Jesus Cristo”, de sua autoria. E, como sempre, entrega suas rosas vermelhas para os convidados da plateia.

O especial “Simplesmente Roberto Carlos” será exibido esta sexta, dia 23, logo após ‘A Leido Amor’. O programa tem direção artística de LP Simonetti e direção geral de Mario Meirelles. A direção musical é de Guto Graça Mello e do maestro Eduardo Lages.


Fonte/Reprodução: Visto Livre